Podemos e a política dos comuns

O PSOL Ceará, em parceria com o Programa de Extensão Tutorial (PET) das Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC) e a Rede Universitária de Pesquisadores sobre América Latina (Rupal), realizam debate público com Jorge Sanchéz, militante do “Podemos” em Barcelona – Espanha. O evento acontece nesta próxima segunda-feira (22/06), às 19 horas, no Auditório do Curso de Ciências Sociais do Centro de Humanidades III (CH3) da UFC.

A atividade discutirá a intervenção do partido espanhol “Podemos”, considerado de esquerda radical na Europa, e a atual conjuntura internacional, passando por experiências como a do “Syriza”, na Grécia.

Construído a partir da indignação das ruas na Espanha, das manifestações que eclodiram do gigantesco movimento social de protesto de 2011, o Podemos já se apresenta como uma das principais forças políticas do país, atingindo uma votação significativa para o parlamento Europeu, logo na sua primeira eleição, e conquistando as prefeituras de Barcelona e da capital Madri, no pleito realizado em maio. Para as eleições gerais no final do ano, a vitória do Podemos passa a se apresentar como uma possibilidade concreta.

O sucesso do Podemos na Espanha, assim como do Syriza na Grécia, possui relação direta com a situação imposta pelas políticas de ajuste fiscal da “tróika” (FMI, Banco Central Europeu e União Europeia), que colocaram os habitantes desses países em um terrível pesadelo social, com taxas de desemprego assustadoras, principalmente entre os jovens, levando muitos a situação de pobreza. Entre a esperança da esquerda e o temor da direita - que teme que estes resultados sejam as fagulhas incendiárias para algo muito maior no continente –, fica a evidente necessidade de analisar e compreender esses processos em curso.

Jorge Sanchéz, educador social e assessor da bancada do Podemos no Parlamento Europeu, é quem traz para Fortaleza um relato de militância que descreve esse processo por quem o vive “de dentro”, a partir das ações políticas construídas em seu cotidiano. Sanchéz também é ativista do movimento espanhol “Anticapitalistas” e membro do “Boicote Desinvestimentos e Sanções ao Estado de Israel”. Em grande medida, Sanchéz representa a síntese do Podemos, um partido que se propõe a fazer política a partir dos comuns.

Serviço:

Debate “Podemos e a política dos comuns”

Segunda-feira (22/06) a partir das 19 horas, no Auditório do Curso de Ciências Sociais do Centro de Humanidades III (CH3) - UFC

Data: 

Monday, June 22, 2015 - 22:00

Imagem: 

 

Endereço

Ceará

Av. do Imperador, 1397,
Fortaleza, Centro 60015-052

 

Contato

Telefone 3254-5150

Presidência(85)9911-0017

Email

 

Boletim