Entenda o escândalo do HSBC

- Quantas contas são de brasileiros?-
(via Liderança Do Psol)

Investigações apontam 8,6 mil nomes do país que cometeram crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O valor total das contas somam mais cerca de 7 bilhões de dólares, o equivalente a cerca de 20 bilhões de reais.

Fernando Rodrigues, do UOL, aponta que “11 pessoas ligadas ou citadas de alguma forma no escândalo da Operação Lava Jato mantiveram contas na filial suíça do banco britânico HSBC”. Entre os nomes divulgados por Rodrigues estão o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, delator na Operação Lava Jato e que já havia revelado ter mantido valores no HSBC, oito integrantes da família Queiroz Galvão, o empresário Júlio Faerman (ex-representante da holandesa SBM) e o doleiro Henrique Raul Srour.

Dado este quadro, o PSOL apresentou requerimento de informações ao Ministro da Justiça, ao Presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, e ao Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, solicitando esclarecimentos sobre os brasileiros detentores de contas no banco HSBC na Suíça.

O PSOL 50 - Partido Socialismo e Liberdade vem denunciando o escândalo do HSBC, que teria realizado sonegação e evasão fiscal – por meio de contas de brasileiros na filial suíça do banco britânico – de pelo menos 7 bilhões de dólares de cerca de 8 mil brasileiros, em uma grande ação de lavagem de dinheiro. Para investigar as irregularidades cometidas por meio da instituição financeira, o partido vem propondo e coletando assinaturas para a criaçao de Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) no Senado e na Câmara Federal.

 

Endereço

Ceará

Av. do Imperador, 1397,
Fortaleza, Centro 60015-052

 

Contato

Telefone 3254-5150

Presidência(85)9911-0017

Email

 

Boletim